7 dicas para escolher o melhor massagista profissional

Se o estresse é o mal do século, a massagem, certamente, é a sua cura. Não existe nada mais relaxante e revigorante do que uma boa sessão de massoterapia. Mas se você acha que essa é a única vantagem do procedimento, precisa ler este post até o final.

Além de falar sobre todos os benefícios da massagem, vamos ajudar você a escolher o massagista ideal e abordar as principais técnicas.

Mas antes de sair correndo para marcar sua próxima sessão no Singu, vamos às nossas dicas!

Top 10: maiores benefícios

Que a massagem é ótima para o controle do estresse, não é novidade para ninguém. Mas você sabia que existem 10 razões para fazer do massagista seu companheiro mais fiel?

Além de relaxar e devolver a você a vitalidade perdida com a rotina, a massagem propicia:

  1. diminuição da ansiedade;
  2. combate à depressão, promovendo a sensação de bem-estar;
  3. alívio de tensão e dores musculares;
  4. estímulo à circulação sanguínea e linfática;
  5. diminuição das insônias;
  6. alívio das dores de cabeça;
  7. diminuição do cansaço;
  8. melhoria da circulação sanguínea, da elasticidade da pele e da imunidade do organismo;
  9. diminuição da pressão arterial em pacientes hipertensos;
  10. equilíbrio do sistema intestinal.

Ou seja, se a sua desculpa para não marcar uma sessão de massagem era não estar estressado, pode repensar isso. Seus benefícios para prevenção de doenças e promoção da saúde e do bem-estar dos pacientes já foram comprovados cientificamente.

Tipos de massagem

De acordo com os benefícios que você busca, existe um tipo de massagem mais indicado. Conheça os mais procurados:

Drenagem linfática

A queridinha das mulheres, é indicada na redução da retenção de líquidos, ativa a circulação sanguínea e auxilia no combate à celulite. Isso ocorre porque a drenagem estimula o sistema linfático, responsável pela locomoção dos fluidos pelo corpo.

Shantala

Mais conhecida pelas gestantes por propiciar um sono mais tranquilo ao bebê, a técnica ainda ajuda a prevenir cólicas e prisão de ventre, ao liberar os gases. Além do mais, fortalece o sistema imunológico e melhora a respiração, diminuindo o estresse.

Ayurvédica

Se a intenção é o realinhamento postural, fortalecimento do sistema imunológico ou o alívio das tensões, essa técnica é a mais indicada. Ela libera as toxinas presas aos tecidos corpóreos ao estimular os músculos e a circulação. Nessa técnica, o massagista utiliza mãos, pés e cotovelos.

Shiatsu

De origem chinesa, essa técnica tem por objetivo manter ou restabelecer o equilíbrio energético, tratando e prevenindo disfunções.

Reflexologia podal

Tendo como objetivo também o reequilíbrio das energias corpóreas, essa massagem atua em determinados pontos dos pés que correspondem a regiões e órgãos do corpo humano, por meio da aplicação de pressão nessas áreas.

Massagem profunda

Indicada para amenizar dores provenientes de lesões musculares, essa técnica atinge as camadas mais profundas dos tecidos muscular e conjuntivo, aplicando movimentos lentos e fortes.

Massagem sueca

Se a intenção é relaxar e revitalizar corpo e mente, esse é o procedimento mais indicado. Trata-se de uma massagem suave que utiliza movimentos longos e profundos.

Massagem desportiva

Traz como benefícios o relaxamento da musculatura e a melhoria da circulação sanguínea, recuperando o vigor físico. Por esse motivo, é bastante procurada por quem realiza atividades físicas.

Escolha do massagista

Agora que você já se decidiu por realizar uma massagem e já tem ideia de qual escolher, precisa decidir o melhor profissional. Anote nossas 7 dicas antes de tomar sua decisão:

1. Busque por indicações

Antes de procurar qualquer profissional, vale muito à pena pedir indicações a amigos e parentes. Pergunte se já fizeram massagem e conhecem algum profissional para indicar, se gostaram do atendimento, se ele realmente atendeu às expectativas do tratamento combinado.

Dessa forma, você tem uma maior segurança, ao contratar um terapeuta que já traz consigo uma referência de alguém de sua confiança.

2. Pesquise um especialista

Ao contatar um profissional, questione quais as suas especialidades e explique exatamente o que você espera dos resultados. Assim, vocês saberão exatamente que tipo de massagem optar para conseguir o efeito pretendido.

Às vezes, o incrível massagista de uma área pode não ser o mais indicado para o que você precisa no momento.

3. Certifique-se

É importante buscar por profissionais qualificados que tenham algum curso na área — de preferência, realizados em instituições de confiança.

Bons profissionais estão em constante aperfeiçoamento, aprendendo novas técnicas e aprimorando suas habilidades. Veja se o terapeuta costuma se atualizar com frequência, oferecendo um atendimento mais especializado.

Verifique ainda se o massagista é licenciado para atender. Normalmente, um terapeuta precisa de 150 a 1000 horas de treinamento para atuar na área.

4. Investigue as redes sociais

Hoje em dia, praticamente todos os profissionais possuem um perfil em uma rede social, na qual expõem seus trabalhos e recebem feedbacks de clientes. Não tenha vergonha em investigar esses perfis.

Veja se o profissional recebe boas avaliações, se possui um comportamento profissional nesses espaços e analise o modo como ele se relaciona com seus clientes. Esses detalhes podem fornecer uma ideia do tipo de massagista que você pretende contratar.

5. Avalie o atendimento

Observe a conduta do profissional ao lhe atender: se é educado e cortês e se tem um comportamento ético, por exemplo. Os cuidados com a limpeza e a conservação dos equipamentos e produtos utilizados também é importante.

6. Crie vínculos

A massagem é um procedimento que envolve contato físico direto. Não existe nada mais desagradável do que ser tocado por alguém com quem você não tem a menor afinidade. Por isso, estabeleça vínculos com o terapeuta escolhido, para tornar o momento ainda mais relaxante.

7. Converse abertamente

É papel do profissional orientar seu cliente durante todo o procedimento. Se você optar por um massagista que não escuta suas queixas e necessidades, provavelmente, não ficará satisfeito com a massagem. Por isso, converse abertamente com o terapeuta e deixe claras suas expectativas.

Com essas sete dicas, você já é capaz de escolher o massagista ideal para suas necessidades, e a técnica que mais lhe trará benefícios. Mas, ainda mais importante que escolher um profissional adequado, é saber exatamente onde encontrar opções de confiança e com feedbacks positivos.

Singu reúne alguns desses profissionais em sua plataforma e ainda leva o serviço até o cliente — seja em casa ou no local de sua escolha —, por um valor compatível com salões de beleza do seu bairro. Então, que tal testar as nossas dicas e ir lá no aplicativo escolher seu massagista?

Mas antes, se você quiser estar sempre por dentro das novidades da área da beleza e receber dicas em primeira mão, assine a nossa Newsletter.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"