Métodos de depilação: descubra qual o melhor para você

Escolher a melhor forma de se livrar dos pelos indesejados não é uma tarefa fácil. Atualmente, há diversos métodos de depilação disponíveis no mercado, cada um com suas vantagens e desvantagens.

A técnica depilatória ideal deve deixar a pele lisinha, sem causar irritações ou favorecer o aparecimento de pelos encravados. A escolha da melhor maneira de remover os pelos deve ser feita com cautela, sempre levando em consideração características da pele e a região que será depilada.

Neste post, vamos apresentar alguns métodos diferentes de depilação, apontando os prós e contras para ajudar você a decidir qual é o mais indicado para a sua pele. Boa leitura!

Lâmina

É a forma mais simples de se livrar dos pelos que teimam em aparecer onde não devem. Basta molhar a região a ser depilada e aplicar gel para depilação ou mesmo sabonete. Aí, é só deslizar a lâmina pela pele e cortar facilmente os pelos.

A lâmina remove a ponta mais fina do pelo, deixando apenas a região mais grossa próxima ao bulbo — por isso a falsa ideia que a lâmina engrossa os fios.

Vantagens:

  • o material necessário para a depilação é facilmente encontrado em mercados e farmácias e apresenta baixo custo;

  • a técnica pode ser realizada em poucos minutos e não requer muita habilidade;

  • quando realizada corretamente, não causa nenhuma dor.

Desvantagens:

  • os pelos voltam a crescer rapidamente, deixando a pele áspera;

  • há riscos de cortar a pele no processo;

  • pessoas com a pele mais sensível podem apresentar irritação, vermelhidão e desconforto após rasparem os pelos.

Creme depilatório

Da mesma forma que a lâmina, os cremes depilatórios também não eliminam a raiz dos pelos. Eles agem através de substâncias químicas que quebram a estrutura do fio. Por isso, basta espalhar o creme na pele, aguardar o tempo indicado na embalagem e remover o produto (e os pelos).

Vantagens:

  • você mesmo pode realizar a técnica;

  • não causa nenhuma dor;

  • deixa a pele lisinha em poucos minutos.

Desvantagens:

  • os pelos voltam a crescer cerca de três dias após a depilação;

  • há riscos de alergias, por isso, deve-se sempre fazer o teste de sensibilidade em uma pequena área do corpo;

  • o método não é recomendado para a região íntima.

Cera quente ou fria

A cera funciona como um adesivo que é colado na pele. Ao puxá-la, os pelos são removidos pela raiz. Esse método é muito comumente realizado em salões de beleza. Nesse caso, é preciso estar atento ao material usado, que deve ser sempre descartável.

Vantagens:

  • a técnica pode ser realizada em poucos minutos;

  • os pelos levam entre 20 e 30 dias para voltar a aparecer.

Desvantagens:

  • dói (a depilação com cera quente é um pouco menos dolorida do que com a fria);

  • a técnica requer habilidade;

  • pode causar manchas na pele.

Linha

A depilação com linha é um método que remove os pelos pela raiz sem causar danos à pele. Embora a técnica possa ser indicada para todos, regiões lesionadas não devem ser depiladas. Para realizá-la, um fio 100% algodão é torcido e enrolado com as duas mãos, agindo como uma pinça capaz de remover alguns fios de uma única vez. 

Vantagens:

  • como não são usados produtos químicos, há poucas chances de aparecerem irritações ou alergias;

  • pelos muito curtos são removidos, deixando a área depilada bem lisinha;

  • os pelos levam entre 20 e 30 dias para voltar a aparecer.

Desvantagens:

  • é um método demorado e doloroso;

  • a técnica requer bastante habilidade, por isso, deve ser realizada por profissional qualificado.

Depiladores elétricos

As maquininhas depiladoras têm um cabeçote giratório que funciona como pinças paralelas que arrancam os pelos pela raiz. Como nem todos os aparelhos são laváveis, eles devem ser considerados instrumentos de uso pessoal.

Vantagens:

  • você mesmo pode se depilar;

  • o único investimento financeiro é no aparelho;

  • os pelos levam entre 20 e 30 dias para voltar a aparecer.

Desvantagens:

  • é um método demorado e doloroso;

  • os pelos não podem estar muito longos ou o risco de se partirem com a técnica é grande;

  • não devem ser usados em fios grossos ou regiões muito sensíveis, por isso, não são indicados para a virilha nem para o buço.

Métodos de depilação definitivos

Todos as técnicas de depilação que vimos até agora são temporárias, mas existem ainda aqueles considerados permanentes. Há dois métodos principais de depilação definitiva. Vamos conhecê-los? 

Depilação a laser

Nessa técnica, são usados aparelhos que emitem um tipo específico de luz que é absorvido pelos pigmentos escuros presentes nos fios. Pessoas com a pele branca e os pelos escuros são, portanto, as mais beneficiadas com a depilação a laser. Nelas, a luz é totalmente absorvida pelos fios, gerando um calor que causa danos somente ao folículo.

A depilação com laser é realizada ao longo de sessões. A cada uma delas, a intensidade do laser é calibrada de forma a aumentar os danos causados ao folículo até que eles se tornem permanentes e o pelo não volte a crescer. Entretanto, é preciso realizar sessões de manutenção anualmente.

O método apresenta algumas desvantagens. O procedimento pode causar dor semelhante a uma fisgada e queimação no local da aplicação, que fica irritado e vermelho por alguns dias. O custo do tratamento caiu bastante nos últimos anos, mas ainda é bastante elevado.

Fotodepilação

Essa técnica usa aparelhos que emitem luz pulsada em vez de laser. Os resultados são semelhantes aos da depilação a laser, porém, são necessárias mais sessões até que se chegue a um resultado duradouro.

A fotodepilação é menos agressiva à pele do que a depilação a laser, além de apresentar um custo menor por sessão. Outra grande vantagem dessa técnica é que a maioria das pessoas a considera indolor.

Não importa o método de depilação definitiva escolhido. Qualquer que seja o caso, é importante evitar a exposição ao sol e não depilar a região com métodos que retirem o pelo pela raiz durante o tratamento. E, claro, buscar sempre profissionais qualificados para obter resultados satisfatórios com segurança.

Você agora já sabe um pouco mais sobre os diferentes métodos de depilação que existem no mercado. Qual o ideal para você?

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"