Causas de deficiência vitamina D no organismo

Na época dos nossos ancestrais, ter quantidades de vitamina D para cumprir com todas as funções do organismo era tarefa simples. Como esta vitamina é sintetizada quando a pele é exposta a luz solar, não era um grande problema ao ser humano obter esta vitamina, já que provavelmente roupas sequer existiam, quem dirá casas, prédios, filtro solar.

Já hoje, a deficiência de vitamina D ocorre com frequência no mundo todo, isto porque a principal causa da deficiência desta vitamina é a falta de exposição solar. Há uma crença que alimentos podem regularizar os níveis desta vitamina, mas infelizmente a alimentação não é o principal fator para boas doses de vitamina D no sangue.

Os principais motivos da deficiência de Vitamina D são:

principais motivos vitaminas d

Fatores relacionados ao próprio indivíduo e aos seus hábitos e costumes:

  • Tipo de pele (quanto mais melanina, menor a quantidade de vitamina D sintetizada para a mesma exposição ao Sol),
  • Uso de protetor solar (uso correto de protetor solar com FPS 8 ou 15 reduz a capacidade de síntese de vitamina D em até 99,9%),
  • Idade (idosos têm reduzida capacidade de síntese de vitamina D)
  • Uso de roupas que cubram grande parte do corpo são fatores que influenciam a síntese cutânea de vitamina D.

Fatores ambientais que interferem em como os raios solares UV-B incidem:

  • Latitude
  • Estação do ano (aqui no Brasil por exemplo, no inverno as pessoas estão mais suscetíveis a deficiência de vitamina D, já no verão os níveis melhoram)
  • Hora do dia
  • Quantidade de nuvens ou camada de ozônio

Contudo, apesar de a vitamina D ser produzida por exposição aos raios solares, seu consumo dietético pode ser essencial quando a exposição solar é insuficiente para alcançar as necessidades diárias. Isto é comum, principalmente nas grandes cidades.

Lista de alimentos
Black slate table with product rich in vitamin D and omega 3. Written word vitamin D by white chalk.

Alguns alimentos ricos em vitamina D:

  • Gema do ovo
  • Fígado de boi e de frango
  • Sardinha
  • Óleo de peixe
  • Leite e manteiga
  • Cogumelos

Não esqueça desses desses detalhes

Vale lembrar que quando há deficiência de vitamina D, o organismo absorve menos cálcio e fosfato. Se não houver uma quantidade suficiente de cálcio e fosfato disponível para manter os ossos saudáveis, a deficiência de vitamina D pode causar um distúrbio ósseo denominado raquitismo em crianças e osteomalacia em adultos. Resumindo, o organismo não incorpora quantidade suficiente de cálcio e outros minerais, o que causa o enfraquecimento dos ossos.

E ainda, a vitamina D é tida por muitos pesquisadores como um hormônio, já que regula inúmeras funções no organismo. Está também envolvida na prevenção do diabetes melito tipo 2 (DMT2), obesidade, hipertensão arterial, sistema imunológico, doenças inflamatórias intestinais, doenças autoimunes e doenças cardiovasculares.

REFERÊNCIA

1 SILVA, Bárbara C. Carvalho et al. Prevalência de deficiência e insuficiência de vitamina D e sua correlação com PTH, marcadores de remodelação óssea e densidade mineral óssea, em pacientes ambulatoriais. Arq. bras. endocrinol. metab, v. 52, n. 3, p. 482-488, 2008.

2 CASTRO, Luiz Claudio Gonçalves de. The vitamin D endocrine system. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia, v. 55, n. 8, p. 566-575, 2011.

3 SCHUCH, Natielen Jacques; GARCIA, Vivian Cristina; MARTINI, Ligia Araújo. Vitamina D e doenças endocrinometabólicas. Arq Bras Endocrinol Metab, v. 53, n. 5, p. 625-33, 2009.

4 MARQUES, Cláudia Diniz Lopes et al. A importância dos níveis de vitamina D nas doenças autoimunes. Rev Bras Reumatol, v. 50, n. 1, p. 67-80, 2010.

5 BUENO, Aline Lopes; CZEPIELEWSKI, Mauro Antonio. A importância do consumo dietético de cálcio e vitamina D no crescimento. Jornal de pediatria. Rio de Janeiro. Vol. 84, n. 5,(Set. 2008), p. 386-394, 2008.

0 Points